sexta-feira, 17 de novembro de 2017

Guerra Fria, espionagem e ritmo tenso são os ingredientes da HQ Atômica - A cidade mais fria


Berlim, outubro de 1989. O muro que dividiu a Alemanha está prestes a cair, feito uma peça de dominó que acabará derrubando também a União Soviética e a impenetrável Cortina de Ferro. A Guerra Fria parece chegar ao fim, mas o assassinato de um agente secreto inglês do MI6 com informações inestimáveis — uma lista que contém os nomes de todos os espiões que atuam em Berlim — deixa claro que os dois lados ainda têm muito o que esconder, como até hoje. Mas, junto ao corpo, não se encontra lista alguma.

É nesse momento sombrio que entra em cena Lorraine Broughton, a veterana espiã fria e calculista vivida por Charlize Theron nos cinemas. E tudo começou nas páginas de ATÔMICA: A CIDADE MAIS FRIA, graphic novel escrita por Antony Johnston e ilustrada por Sam Hart.

A HQ possui em durante a narrativa os melhores ingredientes de uma boa história de espionagem: ritmo tenso e uma trama que pode mudar a cada momento — no underground de Berlim Oriental, nada é exatamente o que parece —, e inclui um levante popular, contra-espionagem, deserções que dão errado e assassinatos secretos.

E o resultado foi tão bem recebido que Atômica já chegou ganhando o prêmio de melhor graphic novel pela Comixology, no ano em que foi publicada.

Abaixo, o trailer da adaptação cinematográfica, desta obra repleta de reviravoltas instigantes. Clique no play e assista. Caso não consiga visualizar, clique aqui



Título: Atômica: A cidade mais fria
Autor: Antony Johnston e Sam Hart
Páginas: 176 • Formato: 16 x 23cm •
Acabamento: Capa Dura •
Preço: R$ 54,90
Gostou? Então, compre seu exemplar aqui

quinta-feira, 16 de novembro de 2017

Locke & Key: Bem-vindo a Lovecraft, de Joe Hill e Gabriel Rodriguez



Escrito por Hill e com arte de Gabriel Rodriguez, Locke & Key conta a história de Keyhouse, uma improvável mansão da Nova Inglaterra onde a família Locke se refugia para tentar escapar de um assombroso passado de dor e assassinato. Mas a mansão guarda mistérios inimagináveis… e é o lar de uma criatura implacável e dominada pelo ódio, que não descansará até conseguir o que quer.

Joe Hill carrega em seu DNA artístico o talento de seu pai, Stephen King, para criar situações, ambientes e personagens instigantes, misteriosos, entretanto sem perder a capacidade de aprofundar os dramas pessoais. Em sua carreira como escritor já ganhou diversos prêmios por seus contos, incluindo dois Bram Stoker, o mais importante da literatura de horror. É autor de A estrada da noite, da coletânea de contos Fantasmas do século XX e e O pacto, o qual foi adaptado para o cinema e lá batizado de O amaldiçoado.

Abaixo alguns elogios da crítica especializada e de um grande roteirista de HQ's, após a leitura de Locke & Me

“Ótimo!... A arte de Gabriel Rodriguez aqui é uma das melhores dos quadrinhos atuais... A equipe de Hill e Rodriguez é de primeira!”
BLAIR BUTLER, FRESH INK

“Em um ano de estreias auspiciosas nos quadrinhos, Joe Hill apresenta um dos poucos realmente diferentes. Escrito com uma habilidade que me deixa com inveja, coragem que me faz sorrir e honestidade e brutalidade que me fazem querer saber como a história continua. Ok, oficialmente virei fã.” ED BRUBAKER, ROTEIRISTA VENCEDOR DO PRÊMIO EISNER

“Uma história moderna de suspense misturada a algo surpreendente e mágico!” IGN.COM

Título: Locke & Key: Bem-vindo a Lovecraft
Autores: Joe Hill e Gabriel Rodriguez
Páginas: 176 • Formato: 17,5 x 26,5cm •
Acabamento: Capa Dura •
Preço: R$ 59,90
Gostou? Então, compre seu exemplar aqui

quarta-feira, 15 de novembro de 2017

Império, de Mark Waid, desconstrói o gênero de super-heróis com obra que apresenta um tirano fascista.



Mark Waid (Reino do Amanhã, Flash, Capitão América) desconstrói o gênero super-herói com uma história onde um tirano fascista derrota todos os mocinhos do mundo. E isso é só o começo. O poderoso Golgoth está prestes a esmagar o último bolsão de resistência do planeta, mas, por onde olha, ele percebe possíveis traidores, mesmo entre seu núcleo de ministros. Em meio a conspirações, segredos, problemas familiares e violência sem limite, Golgoth busca manter seu domínio sobre a Terra. Mas ele irá conseguir?

Originalmente a série foi criada no ano 2000, e publicada pelo o já extinto selo Gorilla Comics, o qual possuía como cocriadores os autores como Kurt Busiek, Tom Grummett, Stuart Immonen, Karl Kesel, Barry Kitson, George Pérez, Mark Waid e Mike Wieringo com intuito de criarem e publicarem materiais autorais de qualidade. Com a extinção do selo Gorilla Comics, as revistas foram publicadas pela Image Comics, e certo depois lançada pela DC Comics e, atualmente, está na IDW Publishing.

Título: Império
Autor: Mark Waid
Páginas: 204 • Formato: 24,4 x 17,2cm •
Acabamento: Capa Dura •
Preço: R$ 69,90
Gostou? Então, compre seu exemplar aqui

segunda-feira, 13 de novembro de 2017

Holandeses, nova HQ de André Toral apresenta a jornada de dois irmãos em busca de riqueza e sonhos.



Ele, que criou uma legião de fãs com seus quadrinhos na revista Animal e em álbuns como Adeus, Chamigo Brasileiro (Companhia das Letras) e Os Brasileiros (Conrad), chega agora com mais um livro tão impactante pela beleza de seu desenho, quanto importante pela sua pesquisa histórica. Holandeses conta a história de dois irmãos judeus que vêm ao Brasil na época da invasão holandesa no Brasil do século XVII. Um dos irmãos vem para enriquecer no comércio de escravos, o outro vem seduzido pelo mito de que haveria uma tribo perdida de Israel vivendo entre os índios brasileiros. Uma história dramática e surpreendente.

Abaixo, uma interessante apresentação da HQ no programa Metrópolis. Clique no play e assista.



Título: Holandeses
Autor: André Toral
Páginas: 96 • Formato: 24,4 x 17,2cm •
Acabamento: Capa Dura •
Preço: R$ 59,90
Gostou? Então, compre seu exemplar aqui

sexta-feira, 10 de novembro de 2017

O fantástico e o sobrenatural em Beasts of Burden. Rituais Animais, premiada HQ de Evan Dorkin & Jill Thompson chega à Comic House



BEM-VINDO A BURDEN HILL – UMA PACATA CIDADEZINHA COMO QUALQUER OUTRA, COM CERCAS BRANCAS E GRAMADOS APARADOS… LAR DE UMA INUSITADA EQUIPE DE INVESTIGADORES PARANORMAIS.

MAGIA NEGRA, SAPOS DEMONÍACOS E CÃES ZUMBIS são alguns exemplos dos problemas que assolam a aparente tranquilidade dessa vizinhança. Com os habitantes humanos alheios ao perigo, cabe a um perseverante grupo de cachorros (e um gato) manter toda a comunidade a salvo.

Terror, aventura, mistério e humor povoam cada página de Beasts of Burden, que promete ganhar o coração do leitor e assombrar seus sonhos.

Os laureados criadores Evan Dorkin (Milk & Cheese) e Jill Thompson (Sandman) se unem para narrar as aventuras desses insólitos heróis, apresentados pela primeira vez em The Dark Horse Book of Hauntings, história que rendeu aos autores o Prêmio Eisner de Melhor História Curta e de Melhor Desenhista. Rituais animais compila as aventuras curtas iniciais e também as quatro primeiras edições da série, que compõem um arco fechado.

Título: Beasts of Burden. Rituais Animais - Volume 1
Autor: Evan Dorkin & Jill Thompson
Páginas: 188 • Formato: 28,6 x 19,8cm •
Acabamento: Capa Dura •
Preço: R$ 69,90
Gostou? Então, compre seu exemplar aqui

quinta-feira, 9 de novembro de 2017

Meu amigo Dahmer. HQ de Derf Backderf apresenta a perturbada mente de um psicopata que era seu amigo na juventude.


Meu Amigo Dahmer traz o perfil do psicopata Jeff Dahmer quando este ainda era um aluno do ensino médio. O autor do livro foi seu colega de turma nos anos 1970, e conviveu com o futuro “canibal de Milwaukee” com uma intimidade que Dahmer talvez só viesse a compartilhar novamente com suas vítimas. Juntos, Derf e Dahmer estudaram para provas, mataram aula, jogaram basquete.

Os dois tomaram rumos diferentes, e Derf só voltaria a saber do amigo pelo noticiário, anos depois. Em 1991, os crimes de Jeffrey Dahmer vieram à tona: necrofilia, canibalismo e uma lista de pelo menos 17 mortos, entre homens adultos e garotos. O primeiro assassinato teria acontecido meses após a formatura no colégio.

Além de remexer nos seus velhos cadernos e álbuns de fotografia, Derf consultou seus amigos de adolescência, antigos professores, os arquivos do FBI e a cobertura da mídia após a descoberta de seus crimes antes de roteirizar a HQ.

Muitos tinham histórias do garoto que costumava fingir surtos epilépticos, que exagerava na bebida antes mesmo de ir para a aula e que parecia ter uma fixação em dissecar os animais atropelados que encontrava perto de casa. Mas quem realmente poderia prever os caminhos sombrios pelos quais ele seguiria? Seria possível evitar tamanha tragédia? Leia e tente tirar suas próprias conclusões.

MEU AMIGO DAHMER, a história (em quadrinhos) antes da história, foi premiada no Festival de Angoulême, França, em 2014, e incluída pela revista Time como um dos cinco melhores livros de não ficção de 2012.Obviamente a complexidade, polemica e sucesso da obra, chamou a atenção de Hollywood, e com isso a HQ foi adaptada para o mundo cinematográfico.

Abaixo, o trailer que fala por si. Clique no play e assista. Caso não consiga visualizar, clique aqui



Título: Meu amigo Dahmer 
Autor: Derf Backderf
Páginas: 288 • Formato: 16 x 23cm •
Acabamento: Capa Dura •
Preço: R$ 59,90
Gostou? Então, compre seu exemplar aqui

quarta-feira, 8 de novembro de 2017

Nova HQ de Marcelo D'Salete conta a história de Palmares e a luta de um povo pelo fim da opressão.



Durante onze anos, Marcelo D’Salete, autor de Encruzilhada e do sucesso internacional Cumbe, pesquisou e preparou-se para contar a história dessa rebelião que tornou-se nação, referência maior da luta contra a opressão e o racismo no Brasil. O resultado é um épico no qual o destino do país é decidido em batalhas sangrentas, mas que demonstra a delicada flexibilidade da resistência às derrotas.

Angola Janga, “pequena Angola” ou, como dizem os livros de história, Palmares. Por mais de cem anos, foi como um reino africano dentro da América do Sul. E, apesar do nome, não tão pequeno: Macaco, a capital de Angola Janga, tinha uma população equivalente a das maiores cidades brasileiras da época.


Formada no fim do século XVI, em Pernambuco, a partir dos mocambos criados por fugitivos da escravidão, Angola Janga cresceu, organizou-se e resistiu aos ataques dos militares holandeses e das forças coloniais portuguesas. Tornou-se o grande alvo do ódio dos colonizadores e um símbolo de liberdade para os escravizados. Seu maior líder, Zumbi, virou lenda e inspirou a criação do Dia da Consciência Negra.

Um grandioso romance histórico em quadrinhos que fala de Zumbi, e de vários outros personagens complexos como Ganga Zumba, Domingos Jorge Velho, Ganga Zona e diversos homens e mulheres que compõe o retrato de um momento definidor do Brasil.

Com a palavra, o próprio D'Salete. Clique no play e assista. Caso não consiga visualizar, clique aqui


Título: Angola Janga
Autor: Marcelo D'Salete
Páginas: 432 • Formato: 16 x 23cm •
Acabamento: Capa Dura •
Preço: R$ 89,90
Gostou? Então, compre seu exemplar aqui

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...